fbpx

Férias baratas no Douro

SONY DSC

O Verão está à porta e chega a altura de marcar férias. Não existe melhor destino que o Douro para poder relaxar da rotina e recarregar energias.

No entanto, nem sempre queremos gastar muito nas férias.

Damos-lhe algumas sugestões de atividades a fazer, hotéis onde ficar e sítios onde jantar, para que tenha umas férias de sonho sem gastar muito.

 

O que fazer
  • Miradouros

Em qualquer canto do Douro as paisagens são algo memorável. Estamos sempre rodeados dos socalcos vinhateiros que produzem os melhores vinhos do mundo. O rio Douro está sempre à espreita.

Apesar de existirem muitos miradouros na Região Vinhateira, recomendamos-lhe dois: o Miradouro de São Leonardo de Galafura e o Miradouro de Casal de Loivos. São dois dos mais conhecidos da região pelas suas incríveis paisagens.

Desfrute da paisagem e aproveite para tirar aquela fotografia perfeita para guardar como recordação.

Miradouro de São Leonardo da Galafura em cima, e Miradouro de Casal de Loivos em baixo
↑ Miradouro de São Leonardo da Galafura
↓ Miradouro de Casal de Loivos
Fonte: Google Imagens

 

 

  • Prova de Vinhos

Na Região Vinhateira podemos observar os vinhedos imponentes da paisagem considerada como Património da Humanidade.

O Douro está repleto de quintas que são excelentes produtoras de vinho. Uma prova de vinhos no Douro é o programa perfeito para quem quer saborear os melhores vinhos do mundo.

Apesar de existirem inúmeras quintas, recomendamos-lhe a Quinta do Bonfim, uma das mais conhecidas do Douro. As suas vinhas e lagares encontram-se no Pinhão e as provas de vinho do Porto ocorrem num terraço com vista privilegiada.

A prova clássica ronda os 17€ e inclui a oportunidade de aprender sobre a história e os tradicionais processos de vinificação.

Embarque nesta aventura para viver um total despertar de todos os sentidos.

Três copos de vinho da Quinta do Bonfim
Fonte: Google Imagens
  • Estrada Nacional N222

A estrada Nacional N222 é considerada a melhor estrada para conduzir.

O troço entre a Régua e o Pinhão é considerado um dos mais bonitos do mundo.

São 27 quilómetros e 93 curvas que serpenteiam pelo Douro.

A estrada tem sempre a companhia do rio Douro e das paisagens emblemáticas da Região Vinhateira.

A viagem pode ficar ainda mais especial e completa se pelo caminho aproveitar para conhecer as várias povoações que se encontram nas suas margens.

Senhor a andar de mota na Estrada Nacional 222
Fonte: Google Imagens
  • Cruzeiro em Barco Rabelo

Não existe melhor forma de conhecer o Douro do que a bordo de um cruzeiro.

Os cruzeiros que partem do Pinhão em direção ao Tua ou à Romaneira são realizados num Barco Rabelo.

Esta embarcação tipicamente portuguesa é conhecida por antigamente transportar as pipas de Vinho do Porto desde o Alto Douro até Vila Nova de Gaia.

Pode escolher entre um cruzeiro no Douro de 1 ou 2 horas, e ficará a conhecer um trajeto que não é visível a partir das estradas nacionais.

Os cruzeiros têm um valor de 10€ ou 20€ por pessoa e não existe desculpa para não embarcar nesta aventura.

Poderá assim relaxar e observar as paisagens verdes, afinando todos os seus sentidos enquanto se encontra rodeado pela natureza.

Barco Rabelo no rio Douro, ao lado do Pinhão
Fonte: Google Imagens

 

  • Percorrer a Linha do Douro

A Linha do Douro é um dos tesouros da região pelas paisagens que a rodeiam. Foi construída entre 1873 e 1887.

Considerada como uma das mais belas linhas ferroviárias do país, é uma das melhores formas de conhecer a região.

Se percorrer o percurso entre o Porto e a Régua, poderá ver a forma como a paisagem se transforma, desde um ambiente citadino ao ambiente rural do Alto Douro.

O comboio faz o seu caminho descrevendo as curvas do rio Douro, atravessando túneis e pontes.

As paisagens que envolvem o percurso são de cortar a respiração, caracterizadas pelos socalcos de vinhas e paisagens verdes.

Comboio da Linha do Douro, rodeado por socalcos e vinhas
Fonte: Google Imagens

 

  • Parque Arqueológico do Vale do Côa

O Parque Arqueológico do Vale do Côa concentra a maior parte dos vestígios históricos de Arte Rupestre do mundo.

Criado em 1996, está classificado como Património Mundial pela UNESCO.

Aqui são protegidos e apresentados os vestígios históricos, possibilitando a visita pública à arte rupestre do Vale do Côa.

O parque tem 60 núcleos rupestres e inúmeras gravuras nas paredes ao longo de 26 quilómetros. No local, também há um museu, denominado de Museu do Côa.

A visita ao núcleo de arte rupestre custa 10€ por pessoa. Se quiser incluir uma ida ao museu, o preço sobe para 12€.

Devido ao seu preço acessível e à quantidade de história inserida num só espaço, não existe razão para não incluir o Parque Arqueológico do Vale do Côa no seu roteiro.

 

Vestígios históricos no Parque Arqueológico do Vale do Côa
Fonte: Google Imagens
Onde dormir
  • Original Douro Hotel

“Imagine uma casa centenária, a escassos metros das margens do Rio Douro, lado a lado com uma antiga e pitoresca estação de comboios.

Um lugar que respira história e onde diferentes gerações se encontram, dando origem a um projeto de olhos postos no futuro… Seja bem-vindo ao Original Douro Hotel!

Nascido num edifício que data de 1880, o mesmo onde outrora existiu o Antigo Hotel Douro (o primeiro da região) e, mais tarde, a Pensão Douro, o Original Douro Hotel assume-se agora como um espaço único e diferenciado.

Com 18 quartos e uma taberna vocacionada para os produtos e sabores regionais, oferece um serviço atento onde pequenos detalhes fazem a diferença.

E convida à descoberta: não apenas “lá fora” mas também “cá dentro”, onde fotografias resgatadas de outros tempos ou elementos arquitetónicos preservados pelos trabalhos de recuperação nos transportam para outras épocas.

Localizado no coração do Peso da Régua, o Original Douro Hotel é o ponto de partida perfeito para a sua visita ao Alto Douro Vinhateiro. Embarque nesta viagem e deixe-se levar pelas muitas maravilhas da mais antiga região demarcada do mundo. “

Fachada do Original Douro Hotel
Fonte: Google Imagens

Fonte: https://originaldourohotel.com/hotel/

 

  • InDouro Hostel

“O inDouro Hostel & Wine Bar é o ponto de partida perfeito para desfrutar do melhor que o Douro tem para oferecer.

Estamos localizados na estação ferroviária do Peso da Régua num antigo edifício da CP, completamente restaurado e modernizado.

De frente para o rio, e apenas a 2 minutos (a pé) do coração do centro histórico da cidade Peso da Régua.

É um espaço com um ambiente contemporâneo e acolhedor que oferece diversos tipos de serviços.

Com elevados níveis de qualidade e conforto, o inDouro Hostel & Wine Bar oferece diferentes tipologias de quartos. Todos os quartos possuem WC privativo.

No espaço partilhado temos ao dispor uma kitchenette totalmente equipada. Servimos diariamente pequenos-almoços buffet. Dispomos ainda de Wi-Fi gratuito em todo o edifício e uma receção 24 horas.

No nosso restaurante proporcionamos momentos gastronómicos de alta qualidade onde poderá encontrar um variado leque de pratos confecionados com produtos locais e de época com qualidade certificada.

O inDouro Hostel & Wine Bar convida-o a uma experiência única de conforto e elegância, num ambiente informal, onde histórico e contemporâneo se complementam!”

Fachada do InDouro Hostel
Fonte: Google Imagens

Fonte: https://www.indourohostel.pt/

 

  • Quinta da Vinha Morta

“Um retiro num vale encantado.

​Onde a beleza natural e as magnificas paisagens circundantes se aliam a um património cultural rico em história.

​Por entre castas Malvazia Fina, Touriga Nacional e montes verdejantes, ergue-se a Quinta da Vinha Morta, uma construção que remonta a meados dos anos 20, sendo recuperada de modo a preservar as suas características.

​A casa dispõe de 5 quartos duplos e de 1 quarto familiar, de um bar, de uma sala de leitura e de várias zonas de convívio, onde o rústico e o funcional se conjugam.

No verão desfrutem da nossa piscina assim como dos nossos espaços exteriores elaborados a pensar no vosso bem-estar.

​Nos dias mais frios, poderão aconchegar-se perto da lareira ou entre amigos disputar uma partida de bilhar.

​Comecem o dia com o nosso delicioso pequeno almoço, preparado com produtos caseiros e locais.

​Querem descobrir a gastronomia da região? Deixam-se surpreender com os nossos pratos.”

Quinta da Vinha Morta, casa, jardins e piscina
Fonte: Google Imagens

Fonte: https://quintadavinhamorta.wixsite.com/meusite

 

  • Hotel DouroInn

“Tabuaço, situada na região Norte, distrito de Viseu, é uma terra de paisagens únicas e de múltiplos contrastes entre o verde da vinha e o azul da água, proporcionando um agradável sossego.

Em 2001, Tabuaço foi classificada pela UNESCO como Património Mundial da Humanidade, pela preservação dos vestígios da sua cultura e pelo seu património arquitetónico, tanto de origem humana como natural.

É neste ambiente saudável que apresentamos o Hotel Douroinn. Com um novo conceito de decoração, (Design Hotel), será o local ideal para desfrutar de uma região com muito para descobrir.

O hotel dispõe de um agradável restaurante, bar e quartos surpreendentes onde poderá recuperar todas as suas energias.

O Hotel Douroinn tem muito para oferecer a todos os visitantes de Tabuaço, mas nada melhor do que nos visitar para descobrir.

Hotel Douroinn, um novo conceito na Região do Douro!”

Entrada do Hotel Douroinn
Fonte: Google Imagens

Fonte: https://www.hoteldouroinn.com/

 

Onde comer
  • Restaurante A Tasquinha

O restaurante fica na Avenida Ovar em frente ao parque de estacionamento do Peso da Régua e serve pratos tradicionais a preços simpáticos — em média, uma refeição fica a 10€ por pessoa.

O queijo com doce de figos é um dos pratos mais elogiados.

 

Interior do Restaurante A Tasquinha
Fonte: Google Imagens

 

 

 

 

 

 

 

 

 

  • Restaurante Tio Manel

O restaurante Tio Manel faz as delícias dos clientes, os preços são convidativos e o ambiente é descontraído.

Localiza-se na Rua da Ferreirinha, uma das ruas centrais do Peso da Régua, a dois passos do Museu do Douro!

Os petiscos e o menu principal das principais refeições são elaborados e inspirados pela gastronomia típica portuguesa.

O restaurante serve pratos tradicionais e económicos, e em média uma refeição fica entre 8€  a 16€ por pessoa.

Interior do restaurante Tio Manel
Fonte: Facebook Restaurante Tio Manel

 

 

 

 

 

 

 

 

 

  • Ó-Por-co

“A OPorCo no Pinhão foi uma ideia de um grupo de amigos que gostam de vinho e comida.

O nosso objetivo era criar um Wine & Tapas Bar onde nos pudéssemos juntar depois de um longo dia de trabalho para beber um copo de vinho, tomar uma cerveja, comer um pouco de queijo, algum presunto e compartilhar o dia com os amigos.

Às vezes, durante o verão (julho e agosto), as temperaturas podem chegar a 45ºC (113ºF) e o maravilhoso Ac do OPorCo e uma cerveja gelada podem ajudar.”

O preço médio é de 10€ por pessoa e inclui uma tábua de tapas e outros aperitivos.

Interior do Restaurante Ó-Por-Co
Fonte: Google Imagens

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: https://oporco.pt/about-us/

 

  • Restaurante Segredos Do Douro

“O restaurante Segredos do Douro é um dos locais mais típicos da vila do Pinhão onde poderá apreciar e desfrutar os segredos gastronómicos do Douro.

Este espaço alberga também um café e uma loja de artesanato típicos da região.

Venha conhecer esta pérola do Douro!!!”

Preço médio de 10€ por pessoa.

Interior do Restaurante Segredos do Douro
Fonte: Google Imagens

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: Facebook Restaurante Segredos do Douro

 

  • Casa Filipe

“Situada por trás da Sé de Lamego este espaço foi, em tempos, uma casa de pasto.

Atualmente é um restaurante a servir a boa comida caseira.

As espetadas de polvo e à transmontana, o bacalhau assado, os rojões, as febras e as tirinhas de porco, o cabrito e a vitela assados no forno, o arroz com salpicão, a dobrada (à 5ª feira) e os milhos de Lamego como entrada são as especialidades da casa.

À semelhança da cozinha, também o ambiente é caseiro e acolhedor.”

Preço médio de 10€ por pessoa.

Exterior/Placa do Restaurante Casa Filipe
Fonte: Google Imagens

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: https://boacamaboamesa.expresso.pt/guia/casa-filipe